RELACIONADOS



categorias

23 de janeiro de 2018

Eu amo você



Isso mesmo que você ouviu, eu amo você. Quer que eu desenhe, escreva, descreva? Você sabe que eu sou capaz.

É sobre cada oração, choro ou angústia de preocupação, de impedimento de erros drásticos ou coisas ruins; sobre respeitar e aturar momentos, sobre a gente tentar se compreender, mesmo sendo tão difícil entender o outro quando dói um pouco na gente; sobre querer ser melhor por você e fazer de tudo um pouco pra que a gente dê certo; sobre nossas discussões sobre coisas bobas, mas que a gente sabe exatamente como acaba; sobre a minha sorte de estar com você, e sua sorte de estar comigo.  Por nós querermos ficar juntos e isso fazer com que as bocas e os olhos, que não são os meus nem os seus, se incomodarem com o que a gente tem.

É sobre apertar bem forte a sua mão pra ver se você entende que eu tô aqui, do seu lado, pra você e com você.
É sobre cada beijo, abraço, amor, ai ai amor.

E principalmente, porque você é um presente que Deus me deu, quando eu estava sem esperanças - hopeless - sobre o amor de um rapaz por mim, e porque você me mostra que vale a pena, pouco a pouco, todos os dias, mesmo ainda sendo tão difícil demonstrar nossos sentimentos sem nos sabotarmos um pouco que seja.

Porque eu me comovo com declaraçõezinhas que você acha brega, como ontem, por exemplo, que uma mulher mandou um carro de som na rua da casa dela fazer uma declaração maravilhosa, com direito a música e tudo, porque era o aniversário do marido dela, e ela quis fazer algo diferente pra ele. Coisas assim me fazem acreditar um pouco mais no amor, mas você diz que isso é tipo pagar um "micão".

Ou então, sobre aquele dia em que nós estávamos indo no shopping dar uma volta antes de irmos pra casa, e entrou um senhorzinho tocando saxofone e cantando umas músicas antigas e bonitas (que pra você eram melosas) e eu (mais uma porção de pessoas no ônibus) me emocionei.

Porque eu tenho um coração difícil de ser entendido, porém ao mesmo tempo que é difícil, é fácil entender o que ele precisa. E você tem me dado todos os dias desde que estamos juntos. Embora eu também tenha ficado com uns roxinhos no peito de situações que passamos, e tudo bem, ok? Tudo bem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário