RELACIONADOS



categorias

20 de novembro de 2018

Sonhos (5)



Talvez eu tenha bebido mais do que deveria mas há uma parte de mim que crê nisso como uma coisa boa porque, se por acaso, eu bater na tua porta usando minha melhor lingerie, e beijar sua boca e me afogar nos teus olhos azuis e me arrepender depois, eu poderia pôr a culpa no álcool.

Por que eu me arrependeria?
E se eu fizesse, será que você me corresponderia?

Eu deveria escrever mais vezes quando estiver altinha, porque meus sentidos de sonhadora estão mais aguçados e me fazem imaginar coisas boas que deliciam meu coração, por exemplo, se eu arrancasse sua calça e beijasse seu pescoço docemente?

Você sentiria meu hálito quente misturado ao gosto da cerveja e o gosto doce do meu batom vermelho?

Qual seria a sensação de você tirando minha blusa, enquanto beija meus ombros e sente meu perfume, como se estivesse encantado, e quando olhasse pra mim, você pensasse nos olhos  oblíquos e dissimulados de Capitu?

Ah, dane-se, você nem conhece a história da Capitu.

E se eu dançasse pra você? Você pode escolher a música que estaria tocando. Consegue imaginar como seria me ver aqui, única e exclusiva pra você? Mesmo que fosse somente por uma noite. 

Ainda seria eu.
Pra você.
E com você.
 E, se eu beijasse sua boca e dissesse que te queria até o fim do dia? Você ficaria comigo, mesmo que fosse só por hoje?
Porque eu sim.
Eu quero.
Muito.
Você.

Agora, vai, acorda. 
Não temos o hoje,
Você não me tem agora.
Tão pouco te tenho pra sempre.
Mesmo querendo muito. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário