RELACIONADOS



categorias

6 de março de 2019

#A onde ninguém me lê

@slobodeniuk



Levando o fato de que eu provavelmente nunca assuma isso, gostaria de deixar escrito aqui, para que depois eu possa ler e perceber o quão real e palpável é o amor, e amar alguém.

Eu não preciso de ninguém me falando que eu nem o conheço, ou que eu não sei nada sobre o amor, o que eu preciso é deixar aqui tudo o que eu senti, os meus sentimentos. Puros, como você fez-me sentir.

Porque foi de atração física, paixão, fogo, tara, desejo, para o carinho, o cuidado, o pertencer, o ser sua, o te amar.

Porque você me mostrou uma versão melhor de mim, porque você me tocou como nunca ninguém fez antes, porque com você eu pude tudo.

Eu pude sentir livre e verdadeiramente tudo o que estava sentindo, sem que ninguém me reprimisse ou tentasse me calar, pelo contrário, você me fez cantar sem sentir nem um pouco de vergonha, e eu nunca tive uma voz muito boa. Você me inspirou a ser eu mesma, e não tentou mudar uma vírgula sequer de mim, você me aceitou exatamente como eu sou.

Porque tá tudo bem ser livre, tudo bem você gritar para o mundo todo ouvir que você pode ser quem quiser e sentir o que quiser. Tudo bem ser assim, alguém que ama pegando fogo.

E você ardeu comigo, você me deu a oportunidade de viver tudo o que eu sempre quis, de sentir recíproca e intensamente, da mesma forma. Foi como se eu estivesse olhando para um espelho. Eu me vi em você.

Inclusive quando meu coração se quebrou apenas com a possibilidade de te perder, e não ter mais o que temos hoje, porque doeu silenciosamente, eu quase não senti, porque você estava lá e me mostrou que iria permanecer.

Porque você também me quis da mesma forma que eu te quis, porque você me quer como eu também te quero. Livre e desesperadamente. Porque eu não quero perder a parte de mim que me transborda, depois de ter me encontrado.

Você me fez sentir a delicinha de ser completa, de ser sua, de ser tocada como a coisa mais linda que você já viu e ouviu, porque você me tocou tão delicadamente quanto Midas, como se estivesse transformando esse amor em ouro. Porque é assim que vejo o que sinto por você, raro e valioso. É isso o que você é e sempre será pra mim, real, verdadeiro e meu. E isso independe de qualquer coisa.

Não importa o tempo, as mudanças, as pessoas, as dúvidas, as novidades, não importa nada.
A única coisa que importa é que eu te amo. Livremente. E ninguém vai prender isso dentro de mim.
Você já sabe, mas, toma, é seu. Todinho o meu coração.

E eu também, que te amo, ardentemente.

________________________________________________________________

Esse texto é continuação do PROJETO NOTAS DE NÓS DOIS, essa é a sequência das NOTAS NATURAIS, a versão dela.

Você pode ler a história completa aqui.