RELACIONADOS



categorias

6 de maio de 2019

@mile

Via google+

Isso não é um casamento, mas, por favor, pare agora.
Eu quero meu tempo, mereço um tempo, seja lá quanto tempo for, eu só quero descansar de todas obrigações e interrogações que me impõe, eu já sou cheia delas.
Eu sei que fui eu quem decidi ficar em casa, jogada na cama, lendo e escrevendo sobre a vida e o amor, mas acabei encarando o teto e enchendo a barriga de besteira, por ansiedade e tédio, tenho mania de confundir tédio com fome. Já não basta eu sendo eu e cobrando essas e tantas outras coisas de mim mesma?

Deixe-me quieta, eu não sou de ninguém, acabou pra todo mundo, deixa meu coração relaxar numa banheira cheia de rosas, enquanto as palavras Dele me acalma, deixa eu me aturar, me resolver, me cuidar, e lidar comigo mesma, enquanto sonho com os sonhos Dele sobre meu futuro, minha vida, os sorrisos que compartilharei, abraços que apertarei e mãos que tocarei.

Me deixa, eu quero ouvir músicas doces e imaginar um futuro igualmente doce, porque eu sei que vai ser. Eu tô abrindo mão do que o mundo tem pra me oferecer, estou dando um tempo pra meu coração e só Deus sabe quando essas férias de alma vão acabar.
Acabou pra todo mundo, menos pra você que também deixou acabar para o mundo e tá sorrindo para o desconhecido.

Eu tô aqui, você tá aí?

_________________________________________________________________________________

Essa carta faz parte do projeto Monday - conte sua história e ela virará poesia, essa foi a pedido da @mile
Quer a sua história aqui também? Uma carta para alguém? Só me mandar uma mensagem e conversar comigo, quem sabe a próxima história é a sua?!